Teoria sobre viagem.

junho 7, 2009 at 7:48 am 10 comentários

Galera, leia e pense… Além de comentar, é claro!

Na hora de enfrentar os preparativos de uma viagem, na mente do viajante, inicia-se um verdadeiro périplo.  O destino, seja ele longe ou perto, seja a viagem por prazer ou por necessidade, ainda que seja para visitar um lugar já visitado anteriormente, começa a apresentar-se para o sujeito, neste exato instante.

Porque o fato de ir a um lugar diferente do habitual provoca esta expectativa no ânimo de quem viaja?  Talvez, a idéia de mudar e ver uma nova paisagem anime o espírito para que ele torça pelo imprevisível, precipitando o desconhecido, esperando por tudo que for inesperado.

A mudança de lugar nos obriga a adotar novas perspectivas.  De fato, o turista faz coisas que não faria em seu habitat.  Frequenta lugares que somente existem neste novo ambiente, vive emoções que, certamente, não viveria em nenhum outro lugar.  Este périplo permite a ele viver outras vidas, seja fora ou dentro de si.

Uma excelente maneira de planejar viagens é reviver os passos de quem já vivenciou o que espera o viajante.  Ele pode reviver as vidas dos conhecedores, andar pelas mesmas ruas, pelos mesmos edifícios.  Entrar nos cafés, atravessar os passeios públicos e ver as casas já fotografadas.  Desta maneira, a viagem iniciará muito antes do embarque.

Por exemplo, é possível reviver a Lisboa de Fernando Pessoa e perceber que suas observações nos levarão a lugares íntimos que podem emocionar aos viajantes que gostem de aliar viagem e literatura.

Através dos escritos e Homero, é fácil descobrirmos, na Grécia, as costas da Antiguidade habitadas pelo Ciclope, uma dica para os desbravadores (como nós).

Pelo olhar de James Joyce, veremos uma Dublin mutante, perceberemos que, tanto esta cidade quanto seus habitantes, estão em constante metamorfose, dica para os viajantes cultos.

O turista ansioso, o viajante inveterado (como nós…), o viajante executivo e o viajante aventureiro, um tanto quanto inconsequente, não regressarão tal como partiram.  Partiram para ver, fotografar, passear, vender, descobrir, conquistar e, talvez, encontrar-se consigo ou com outrem.

Conseguirá ou não?  Chegará aos destinos planejados ou um pouco antes, ou depois, quem sabe…  Caminhará pelos traçados imaginados ou por quaisquer outros?  Pode ser que ao regressar, tudo esteja exatamente como fora deixado, mas, com toda a certeza, a pessoa que retornará já não será mais a mesma há muito tempo.

Afinal, a mudança do indivíduo começou com aquela decisão de viajar.

Forte Beijo para todos!

Henrique

Just think about...

Just think about...

Anúncios

Entry filed under: Europa. Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , .

Enfim… chegamos!! First day at school…

10 Comentários Add your own

  • 1. Iralmer, Simone e Miguel  |  junho 11, 2009 às 11:15 pm

    Olá meu amigo Hamilton,

    ficamos muito felizes em saber da chegada de vocês aí em Dublin, numa boa.
    Comentando: Que lugar maravilhoso. It´s wonderful.
    Parabéns aí para Elaine, não nos conhecemos. Mas com esse blog maravilhoso, a intimidade é de todos. Parabéns tb pelo blog.

    Nos falamos. Estamos acompanhando.

    Responder
    • 2. Hamilton Henrique  |  junho 13, 2009 às 3:43 pm

      Falem, Iralmer e Família!
      Td certo?
      Que maravilha a visita de vc´s! Acompanhem e comentem. Teremos sempre novidades!
      Grande abraço para todos!

      Responder
  • 3. Livia Cacau  |  junho 8, 2009 às 8:58 pm

    Olha quem está aqui? oh!! Que surpresa (hahah!!)
    Vcs estão lindos! Que vontade de abraçar até ficar sem ar. Aproveitem, amo vcs e já estou começando a juntar um trocadinho para vê-los as soon as possible!

    Besos!

    Responder
    • 4. Hamilton Henrique  |  junho 8, 2009 às 9:45 pm

      Valeu, amore!
      Estamos esperando por vc, AS SOON AS POSSIBLE. Será marravilhoso!
      Um beijão!

      Responder
  • 5. gra  |  junho 8, 2009 às 8:55 pm

    Navegar é preciso, ainda que seja para reafirmar que as distâncias só existem na nossa cabeça e que o horizonte é infindo. Lembrei de uma poesia do Fernando Pessoa que traduz bem isso:

    “DA MINHA ALDEIA vejo quando da terra se pode ver no Universo….
    Por isso a minha aldeia é grande como outra qualquer
    Porque eu sou do tamanho do que vejo
    E não do tamanho da minha altura…

    Nas cidades a vida é mais pequena
    Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.
    Na cidade as grandes casas fecham a vista a chave,
    Escondem o horizonte, empurram nosso olhar para longe de todo o céu,
    Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que os nossos olhos nos podem dar,
    E tornam-nos pobres porque a única riqueza é ver.

    Alberto Caeiro, em “O Guardador de Rebanhos”

    Desejo a vocês que cada vez mais ampliem seus horizontes!

    Saudades,

    Gra

    Responder
    • 6. Hamilton Henrique  |  junho 8, 2009 às 9:46 pm

      Valeu, Tia Gra!
      Obrigado pelos elogios! Mas, importante mesmo é lembrar que, sem vc, certamente, não teríamos este espaço para diminuir as distâncias. Certamente, os horizontes estão sendo ampliados!
      Um forte beijo para vc!

      Responder
  • 7. Neusa  |  junho 7, 2009 às 9:04 pm

    Olá Hamilton, que Deus proteja seus caminhos, e vamos que vamos, vou acompanhar tudo por aqui, amo,amo conhecer novas culturas, e quem sabe um dia conhecer Dublin.
    beijocassssssss

    Responder
    • 8. Hamilton Henrique  |  junho 8, 2009 às 9:43 am

      Neusa, td certo?
      Gostaria de poder expressas para vc, com palavras, o quanto fiquei feliz por ter acrescentado vc ao meu rol de amigos. Tenha certeza de que farei o possível para que fiquemos cada vez mais próximos. Boas viagens para todos nós.
      Muito obrigado!

      Responder
  • 9. Flavio  |  junho 7, 2009 às 11:10 am

    Nossa que artigo bonito!
    É de sua “autonomia”?

    Responder
    • 10. Hamilton Henrique  |  junho 7, 2009 às 6:30 pm

      Amigo, que bom vc ter gostado!
      Comecei a escrever este post durante o vôo para Madri. Estava um tanto quanto inspirado.
      Gostei de ver que vc está acompanhando o blog, mesmo. Muito obrigado!
      Um forte abraço, diretamente de Dublin.

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Dia-a-Dia

junho 2009
D S T Q Q S S
« maio   jul »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Fotos e Videos

Rapidinhas

  • Tentando encontrar tempo para atualizar o espaço... aguardem as aventuras na Asia, continuação na Irlanda e... muitos mais! 7 years ago
  • Vulcão Ash espalhando cinzas pelo ar e atrapalhando a viagem de muita gente. E isso já vai pra quase uma semana de duraçao... aff!!! 8 years ago
  • Henrique chegou no Brasil... Boa Sorte! 8 years ago
  • Sunny but cold day and snowy nigth after a brilliant day with a child beside me - Fabulous!! 8 years ago
  • Depois de assistir ao filme The Princess and The Frog, hoje, Ponio - bacana! 8 years ago

%d blogueiros gostam disto: