“Surfando” em Amsterdam…

Olá Galera!!

Amsterdam, foi fantástico! Minha segunda experiência, sozinha, com o Couchsurfing.

Comecei a noite visitando a tradicional e famosa Red Light Street. Nesta rua, o sexo é oferecido nas vitrines por mulheres de todas as idades e, em alguns trechos, até homens, embora poucos,  fazem a sua “propraganda”. A exposição é super normal, é como se fosse uma roupa ou qualquer outro item a ser vendido. Estranho, porém bem interessante. Sem contar os coffee shops, onde você encontra os famosos muffins recheados com maconha, além da própria erva, sendo vendida como uma boa e gelada cerveja, no Bar das Quengas/RJ.

Durante o dia, o visual nesta rua muda completamente. Canais, bicicletas, cores, tulipas, igrejas, museus que a cercam roubam e encantam todo o cenário, mesmo diante de toda a neblina, típica no inverno, já que as tais vitrines estão todas cobertas por cortinas, aliás, a maioria delas, pois ainda tem os “consumidores” diurno.

Foi um final de semana de muito prazer, literalmente. Visitei o museu do sexo, o museu das tulipas, a casa onde Anne Frank se escondeu dos nazistas durante a segunda guerra mundial, originando o seu clássico livro, o museu de Van Gogh, considerado o pioneiro nas tendências impressionistas, porém completamente inclinado ao modernismo (as aulas de literatura valeram nesse momento – risos!),  este, localizado na praça dos museus (Museum Square), onde tinham mais três outros a serem visitados, incluindo o dos diamantes (Gra, não deu tempo!), e que, também, na ocasião estava situada a famosa placa “I AMsterdam”, ao lado de um coffee shop, onde passei parte da tarde apreciando as pessoas patinando e caindo no gelo, enquanto tomava um bom cappuccino (quem diria!!) para relaxar da longa jornada.

Amo muito tudo isso, também!

Faltaram mais lugares para serem explorados, como a fábrica dos sapatos de madeira e o bairro dos famosos moinhos, que acredito não terem ficado para trás atoa. Assim, o desejo de retorno fica mais excitante… quem sabe no verão?!

E por aqui vou seguindo viagem, com o próximo destino marcado, em março, para Noruega/Oslo, país do bacalhau… hummmm… aguardem!

Vamos que vamos…

Muitos beijos com amor e saudade.

Elaine Santos.

Anúncios

fevereiro 21, 2010 at 10:55 pm 2 comentários

Tudo novo de novo…

Olá Amigos! (só faltou escrever: “da Rede Globo”, como diz o Galvão Bueno (risos!)).

Depois de um Reveillon “bombástico” em Londres, Janeiro passou. Particularmente, voou!

Foi um mês longo, com cinco finais de semana, que tirei para relaxar e apreciar o frio, a neve, o “snowman”, os churrasquinhos e as feijoadas com os amigos, em Dublin. Valeu a pena. “Derreti” e foi bem interessante!

Em meio a essa correria toda, que continua, por sinal, passei só para deixar um registro… afinal, para isso foi criado o Blog!

Obelísco - Phonex Park - maior da Irlanda

Fevereiro começando, e as viagens recomeçando!

Na próxima sexta-feira (05), conhecerei as belezas e os encantos da pequena Amsterdã. Estou excitadíssima e mal posso esperar!! Aguardem fotos e comentários!

Vamos que vamos…

Beijo grande com muito amor e saudade,

Elaine Santos.

fevereiro 1, 2010 at 9:09 pm 4 comentários

Feliz 2010!!!

Happy New…

… Year;

… Yeast;

… Ear;

… Whisky;

… Week;

… Win;

… Wear;

… Where;

… Wave;

… Way;

… ALL …

… EVER!!!

Love You!

Miss You!!

Elaine Santos.

janeiro 4, 2010 at 6:53 pm Deixe um comentário

Christmas time…

Amigos,

Mais um ano…. ou será menos um??? Qualquer que seja a resposta não podemos parar…

Cada um de nós tem uma lista de pessoas com as quais sabemos que podemos contar. E, para a maioria de nós, se não todos, essa lista é bem PEQUENA. E não é porque não sejamos afetuosos, amigáveis ou carinhosos. É que a maioria dos nossos relacionamentos existe para nos servir. Quando você convida alguém para realizar algo com você, você não está fazendo isso POR ELE, mas POR VOCÊ. Sim! Ele pode se divertir durante o programa que fora convidado a realizar e tirar muito proveito, inclusive, mas, geralmente, o objetivo não é esse. Isso acontece porque em vez de buscarmos PESSOAS A QUEM DAR, nós nos CONCENTRAMOS em BUSCAR PESSOAS QUE POSSAM NOS DAR, e, passamos a maior parte do nosso tempo com pessoas que NOS DÃO, em vez de nos concentrarmos em buscar pessoas A QUEM PODEMOS DAR. Uns chamam de amor próprio, outros de egoísmo, mas o que é de verdade é muito difícil classificar. Acredito que seja imprescindível uma avaliação perspicaz de tudo o que acontece ao nosso redor, para encontrarmos as respostas não ou mal respondidas. Daí, a melhor saída, em vez de analisar o que VOCÊ RECEBE de CADA UM DE SEUS RELACIONAMENTOS, por que não SE perguntar: COMO EU POSSO SER ÚTIL A ESSA PESSOA? Assim, compartilhando de uma forma mais solidária, sempre RECEBEREMOS DE VOLTA, seja quando e como for!! Nunca espere pelo recebimento, caso contrário, você abrirá a porta da frustração, que não é nada legal!

Feliz Natal!

Desejo a todos aqueles que buscam em mim algo que eu possa oferecer, com todo o prazer, sempre, um ótimo natal e um ano novo cheio de saúde e realizações!!!

Com muito amor e saudade,

Elaine Santos.

dezembro 24, 2009 at 4:17 pm 2 comentários

Itália… Viajei comigo!

Foi uma viagem que me fez olhar para o que eu ainda não tinha olhado direito antes, além de ter respondido a vários “monstros” criados, desnecessariamente.

Tudo começou, na sexta (18), quando estava decidido que passaria o dia em Roma, mas ao chegar no “Roma Termini”, li no placar com os horários dos trens a informação: Pisa – 12:05 pm. Imediatamente olhei para o meu relógio, que marcava 11:50 am, e então, decidi, vou pra lá! O maior barato de tudo isso foi que não houve negociação prévia com nada e nem ninguém. Simplesmente, fui. Não sabia quanto tempo levaria e o que me esperaria quando chegasse lá. No final, só descobri que foi uma decisão muito acertada. Tive o prazer de assistir a neve caindo do céu como se fosse chuva e isso foi muito interessante. Parece bobo, mas para quem passou toda a vida morando numa cidade considerada maravilhosa (mesmo!) e, ainda, está sempre sob os 40 graus, quando não em seus 14 graus (não é frio, acreditem!!), realmente não tive como me conter. Foi uma aventura memorável. Já no sábado, de volta a Roma, me dei ao luxo de me comportar como uma verdadeira turistas preguiçosa e careta, dando a volta por toda a cidade no ônibus que oferecia o tal serviço. Foi muito confortável e proveitoso, depois explico o porque. A noite, me encontrei com a galera do CouchSurfing para comemorar o evento mais esperado do ano por eles. O BusFraschetta Christmas Party. Galera alto astral (normal!), animada e barulhenta, sim, os italianos adoram fazer barulho, incrível! Servido com tudo isso e muita bebida (todas possíveis e imagináveis!), além de comidinha típica, seguimos para uma cidade vizinha (esqueci o nome – já estava “meio” pra lá…), chegamos ao restaurante que se chama Fraschetta (motivo do nome do evento!) e foi o maior barato! No domingo, agora vou explicar o que eu disse antes a respeito do ônibus, decidi, desta vez andando, ir aos lugares que achei interessantes assistidos do ônibus (sic!). Comecei pela Fontana di Trevi, passei por várias praças, panteão, basílicas, pontes, arcos, ruínas, esculturas, mas, o ponto alto foi assistir a missa regida pelo Papa, no Vaticano. Putz… sem comentários! Gravei uns trechos e vou tentar baixar para vocês assistirem! Espetáculo, independente da religião que é seguida. Estou me sentindo, de fato, muito abençoada, por tudo que vem acontecendo na minha vida!

Ao encontro do Papa...

Adorei todos os momentos e experiências que tive comigo!

A volta foi marcada com atrasos em todos os vôos, devido ao tempo. Quase entrei na pista do aeroporto para bater um papo com o “snow man”, (risos!).

Por aqui vou seguindo… qual será o destino da próxima aventura?!

Aguardem… e, vamos que vamos!

Beijo grande com muito amor e saudade,

Elaine Santos.

dezembro 22, 2009 at 8:01 pm 2 comentários

Amadurecer…

… é um ato contínuo.

É quando você acha que está tudo entendido, depois de um bom período de auto-análise, auto-descoberta. É quando tudo parece estar bem –  sem os véus e você percebe que é possível viver intensamente,  e,  com tudo isso, ainda ter muito com o que aprender. Putz… a vida toma uma forma diferente. O aqui e o agora tornam-se fundamentais para a decisão da escolha do melhor (o que é o melhor?), para o que poderá acontecer com o daqui por diante, baseado em todo o aprendizado adquirido até agora… ufa! Acompanharam?!

Exercer esse poder de escolha é mesmo o máximo! E faz tão bem, que eu realmente recomendo deixar de lado o que não serve e focar no que faz bem, sem dúvidas! Esse é mesmo o melhor caminho do mundo! E, para tal, não há mágica. Basta deixar de lado tudo o que for piloto automático, conforto-desconfortável, acomodação para uns, companheirismo para outros e seguir seus instintos, afinal, se eles existem é um sinal que precisam ser explorados. Força e coragem são imprescindíveis – que podem, por alguns instantes, se esconder nos atos de submissão, ou não – é mais sábio pensar que a submissão foi apenas para poupar energia e, o mais importante, deixar que o outro, feliz, praticasse a missão. É preciso pegar a vida com as próprias mãos, agarrar com força e vontade, sem medo de ser feliz! Não se deixar levar – ao contrário, definir seus próprios caminhos, suas diretrizes e a forma de como quer chegar ao outro lado. Plantar o bem para colher beleza, verdade, bondade, realidade… Expirar e inspirar. Viver porque é bom, pois sempre podemos mais enquanto temos vida. E oferecer carona àquele que estiver na mesma sintonia que a sua, pois quem divide, seja o que for, sempre tem!

Tudo isso pede auto-conhecimento, recuperação da auto-estima e, um toque de desapego. Desapego da dor, do sofrimento, de tudo o que não é coerente com as nossas novas escolhas e sonhos. Sim, sonhos! A vida é um grande sonho e quando você menos espera, em vez de acordar, você adormece para sempre…

Para estar totalmente de bem, precisamos relembrar nossos sonhos a cada minuto, e, se for possível, trazer de volta uma a um – viver a que viemos, ou seja, realizar! Por isso, quando estiver tudo bem, devemos celebrar, festejar a vida, as datas importantes, o momento, o ar e as escolhas… sempre! E, quando não estiver bem, amadureça!

Céu, Sol, Nuvem, Ar e o que mais você estiver vendo... em Dublin!

Dedico este pensamento a todos que me querem bem!

Muitos beijos com amor e saudade!

E, vamos que vamos…

Elaine Santos.

dezembro 8, 2009 at 6:56 pm 8 comentários

Emoções em Novembro…

Novembro está sendo um mês de emoções extremas.

Na verdade, toda a viagem tem sido cercada com muitas emoções (não é que o Robertinho tem razão?!) Final de outubro tivemos a visita da amiga-irmã Simone, com quem aproveitamos bastante. Fomos a alguns pubs (normal!), nightclubs (Cafe en-Seine – faltou espaço!), e, é claro, “surfamos” pela Irlanda (Cork e Galway). Inesquecível! Já em novembro, todos os holofotes foram voltados para o mega-evento-viagem, em comemoração ao sétimo aniversário anual (é claro!) dos 25 anos, do querido Henrique Hamilton, em Paris. Foi um luxo só! Lá, tivemos o prazer de visitar a Euro Disney, a Torre Eiffel, a Galeria Lafayete (mesmo fechada), o Museu do Louvre, o Arco do Triunfo, uma boa caminhada pelo corredor do Rio Seinne, a Catedral de Notre Dame, a famosa Champs Elisee, onde, inclusive, Henrique e eu fechamos a viagem com “chave de ouro”, na boite mais badalada, afinal, a noite era do “King”. Deu para imaginar como ficamos, né? As roletas do metrô e trem de Paris que não nos vejam tão cedo…

Todos los días son días de fiestas!!

Foram tantas emoções e aventuras que desde o retorno, eu, pelo menos, estou me acalmando aos poucos. Estou passando por um momento de muita reflexão, introspecção, avaliação, todas as “ações” possíveis e imagináveis em busca do meu equilíbrio, se é que eu tive algum dia, pois estamos quase completando seis meses (5 de dez) longe do calor natural e humano da família e dos amigos queridos. Tudo é muito lindo, oportunidade sem igual, mas essa parte merece um destaque – é duro! – Parece pouco tempo, quando penso no que ainda tenho para realizar, mas é o suficiente para uma pequena pausa, afinal, é a metade do começo de mais um ano. Uma coisa eu certifico: ” – Até agora, foram os seis meses mais intensos de toda a minha vida!!!”.

Vamos que vamos…

Um beijo grande, cheio de amor e saudade,

Elaine Santos.

novembro 25, 2009 at 7:18 pm 4 comentários

Posts antigos Posts mais recentes


Dia-a-Dia

outubro 2017
D S T Q Q S S
« maio    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Fotos e Videos

Rapidinhas

  • Tentando encontrar tempo para atualizar o espaço... aguardem as aventuras na Asia, continuação na Irlanda e... muitos mais! 7 years ago
  • Vulcão Ash espalhando cinzas pelo ar e atrapalhando a viagem de muita gente. E isso já vai pra quase uma semana de duraçao... aff!!! 7 years ago
  • Henrique chegou no Brasil... Boa Sorte! 7 years ago
  • Sunny but cold day and snowy nigth after a brilliant day with a child beside me - Fabulous!! 7 years ago
  • Depois de assistir ao filme The Princess and The Frog, hoje, Ponio - bacana! 7 years ago